quinta-feira, 21 de abril de 2016



Fernando Liguori


Faz o que tu queres há de ser tudo da Lei.


Depois da publicação do meu vídeo Relacionamento Thelêmico: O Espelho no You Tube, eu recebi uma série de indagações acerca do Sagrado Anjo Guardião e a maneira para ter experiências mais vívidas e reais com ele. A qualquer thelemita iniciante, eu não vejo outra saída a não ser um trabalho diário, sistemático, invocando o Sagrado Anjo Guardião. Nesse caminho, oriento todos os meus alunos, na AA ou Ordo Tifoniana Oculta, a constituírem um sādhanā «prática espiritual» sólido, a ser praticado todos os dias. Mas aqui cabe um esclarecimento: o Sagrado Anjo Guardião não se trata de uma entidade a parte de nosso universo e qualquer um que tenha essa ideia sobre ele precisa estudar e praticar um pouco mais. Não se trata de uma criatura espiritual distinta de nós mesmos, mas ao contrário, nossa própria consciência. O termo Sagrado Anjo Guardião é metafórico e qualquer descrição, caracterização ou cifra associada a ele também é metafórica. Isso significa que qualquer imagem do Sagrado Anjo Guardião não é o Sagrado Anjo Guardião, mas somente uma ferramenta que pode ser usada na intenção de se estabelecer com ele uma conexão com ele – que já existe. Esse assunto eu pretendo estender em outra oportunidade. No momento, meu interesse é transmitir uma prática diária com o Sagrado Anjo Guardião, associada ao signo ascendente de cada praticante.

A doutrina do Sagrado Anjo Guardião é central em Thelema e a Astrologia pode fornecer chaves práticas para Consecução & Conversação. O mapa astral ou carta natal é um mapa do céu visto de um local e tempo específico na Terra, demonstrando a posição dos planetas distribuídos no cinturão zodiacal. Esse cinturão constitui um círculo de 360° dividido em doze seções de 30°. Há ainda outras doze divisões denominadas «casas». Estas seguem o nascimento do Sol no Leste no momento do nascimento de cada pessoa, definindo o signo ascendente.

Os planetas da Astrologia eram deuses antigos dos quais seus nomes derivam. Os deuses eram identificados na religião egípcia como neter, que significa princípio divino, como manifesto na natureza. Uma compreensão mais apropriada dos signos zodiacais e planetas é oferecida em O Livro de Thoth ou o Tarot Egípcio de Aleister Crowley, onde é possível encontrar imagens-chave para todas as atribuições elementais, astrológicas e qabalísticas.

A influência de qualquer planeta é modificada em concordância com o signo zodiacal através do qual ele se manifesta. Dessa maneira, as casas astrológicas, como coordenadas geográficas fixas, limitam sua influência em áreas específicas da vida.

Como este não se trata de um texto sobre Astrologia, não vou me preocupar em estabelecer aqui os conceitos básicos dessa ciência, passando então a associação entre o signo ascendente e o Sagrado Anjo Guardião. Eu sugiro ao leitor um estudo profundo sobre Astrologia para uma compreensão mais adequada de tudo o que iremos tratar nessa epístola.

O planeta que rege o signo ascendente – a estrela ascendente – é dito representar o gênio particular de cada um de nós. O Sagrado Anjo Guardião, portanto, pode ser invocado através dessa estrela. O planeta que regula o signo ascendente então determina o caráter do Sagrado Anjo Guardião. Dessa maneira, ele irá prover o estilo de invocação, velocidade, local e metáforas associadas.

O signo e o planeta que regulam a nona casa determinam a aparência do Sagrado Anjo Guardião. Com essa informação, somada a criatividade particular de cada um, uma imagem do Sagrado Anjo Guardião pode ser constituída. A técnica aqui é idêntica à assunção de formas divinas ensinada pela Aurora Dourada: o magista se veste com a máscara que define a entidade que deseja invocar. Com o tempo essa máscara será descartada quando a gnose ou o Conhecimento & Conversação com o Anjo forem efetivamente forjados com o Gênio.

É um erro pensar que o Sagrado Anjo Guardião esteja associado aos nossos gostos e desgostos. No vídeo eu afirmei que ele não se associa as vaidades do ego, o gênio maligno.

O Gênio Maligno

Lúcifer tem sido mal interpretado através das eras como uma força maligna. O nome significa o portador da luz e foi associado na antiguidade à Vênus, o arauto da aurora. O gênio maligno, por outro lado, é um termo técnico para o ego humano quando ele tem sucesso em exercer sua tirania sobre a alma. Em um nível metafísico, nós o conhecemos como Choronzon.

A natureza do gênio maligno é determinada pela terceira casa no mapa astral de cada um, junto ao planeta e signo regentes. A relação entre a alma e o ego pode ser conectada a relação de uma esposa zelosa com um marido tirano. A esposa (alma) deve se divorciar do marido (o ego) para se tornar a noiva do Sagrado Anjo Guardião.

Exercício
Etapa 1: Determine o caráter de seu Sagrado Anjo Guardião a partir do planeta que regula seu signo ascendente. Com essa informação, determine também o tipo de invocação: poema, música, prece, encantamento etc.
Etapa 2: Determine a aparência de seu Sagrado Anjo Guardião examinando a nona casa de seu mapa astral, bem como signo e planeta associados.
Etapa 3: Construa para sua prática um arranjo de peças capazes de lhe dotar com as características do deus invocado: máscara, traje e adornos. Construa uma invocação que possa, com o tempo, recitar de cabeça, só com o coração. O encantamento da invocação deve ser recitado ao vestir-se como o deus, na finalidade de ao assumir sua forma, você se veja imbuído de todas as suas características.
Etapa 4: Examine a terceira casa de seu mapa, seu planeta e signo associados. A partir das informações recolhidas, determine a natureza de seu gênio maligno.
Etapa 5: Após determinar as características de seu Sagrado Anjo Guardião e gênio maligno, averigue:
a)    Descubra como o seu gênio maligno obstrui e corrompe sua verdadeira natureza espiritual.
b)    De que maneira seu Sagrado Anjo Guardião poderia se sobrepor a natureza do gênio maligno.
c)    Determine a sua relação com o Sagrado Anjo Guardião.

Esse exercício pode ser feito diária e sistematicamente no curso de todas as suas práticas. Eu fiz essa prática durante anos seguidos com bons resultados e a administro aos meus alunos junto à execução de Liber Samelh.


Amor é a lei, amor sob vontade.


4 comentários:

  1. Saudações,

    uma dúvida acerca da informação que você passou: quando se refere à casa 9, está falando sobre o planeta ali posicionado ou sobre o regente da cúspide? Exemplificando: com a cúspide dessa casa em Virgem, mas possuindo também Júpiter em Libra, a aparência teria características de Mercúrio e Virgem ou de Júpiter e Libra?

    ResponderExcluir
  2. Vc comprou os itens da goetia na loja da eie caminhos da tradiçao ?

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Fernando. A minha terceira casa no mapa é vazia, como posso determinar a natureza do meu gênio maligno?

    ResponderExcluir

Ola, seja bem vindo para comentar. Utilize o bom-senso, seja profundo.